PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Conteúdo publicado há
1 mês

Prefeito de Manaus diz que há mais de 320 profissionais de saúde com covid

O prefeito de Manaus, David Almeida (Avante) - Edmar Barros/Futura Press/Estadão Conteúdo
O prefeito de Manaus, David Almeida (Avante) Imagem: Edmar Barros/Futura Press/Estadão Conteúdo

Hanrrikson de Andrade

Do UOL, em Brasília

17/01/2021 20h13

O prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), afirmou hoje, em entrevista à "GloboNews", que mais de 320 profissionais de saúde estão desfalcando atualmente a rede municipal devido a infecção pelo coronavírus.

São pelo menos 120 médicos e 200 enfermeiros a menos nas unidades da cidade. A capital e o estado do Amazonas vivem uma situação de colapso, com hospitais sofrendo com a falta de cilindros de oxigênio para manter a respiração de pacientes que necessitam de intubação.

Apesar do caos na rede pública de saúde, Almeida afirmou que nenhum serviço "sofreu descontinuidade ou interrompeu o atendimento" e anunciou que está em negociações com uma empresa alemã para iniciar a produção própria de insumos, em especial o oxigênio —fundamental no tratamento de pessoas com covid-19.

O prefeito tomou posse no último dia 1º de janeiro e, desde então, segundo ele, encontrou "os estoques de medicamentos quase zerados na cidade". "Nos próximos dias devo ir a São Paulo para negociar com fornecedores a compra de medicamentos."

Almeida responsabiliza a gestão anterior pela ineficiência da rede pública na resposta ao colapso da rede de saúde. Segundo ele, o antecessor gastou muito mais com propaganda (R$ 225 milhões) do que medicamentos (R$ 42 milhões). "Tudo isso é consequência daquilo que se plantou durante anos na nossa cidade."

"Manaus é a cidade que tem a menor cobertura de atenção básica. Eu herdei isso e vamos corrigir isso. Mas não é em uma semana que se corrige isso."

"Tivemos o menor tempo em toda a época das eleições para fazer a transição. E os dados transição eram muito incipientes, muito tímidos. Tínhamos um ditado aqui que era ter que trocar o pneu do carro com o carro andando. Mesmo assim todos os serviços foram mantidos."

Saúde