PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
1 mês

Serrana (SP) começa 2ª fase de vacinação em massa; nova cepa está na cidade

17.fev.2021 - Profissional de saúde aplica vacina contra o coronavírus no primeiro dia de vacinação em massa em Serrana (SP) - Divulgação/Governo de SP
17.fev.2021 - Profissional de saúde aplica vacina contra o coronavírus no primeiro dia de vacinação em massa em Serrana (SP) Imagem: Divulgação/Governo de SP

Do UOL, em São Paulo

24/02/2021 08h23

O município de Serrana (SP) dá início hoje à segunda fase do estudo de vacinação em massa de sua população. A nova etapa começa um dia após a prefeitura anunciar que a nova cepa do coronavírus está em circulação na cidade.

Entre hoje e domingo (28) receberão a primeira dose da vacina contra a covid-19 os voluntários cadastrados na Região Amarela. Até sexta-feira, a vacinação será das 14h30 às 20h30. No sábado e no domingo, a imunização será das 8h às 15h30.

A cidade foi escolhida pelo Instituto Butantan para participar de um estudo que tem o objetivo de avaliar a eficácia da CoronaVac e uma possível imunidade de rebanho. Os primeiros resultados devem começar a ser publicados em três meses.

Publicado por Prefeitura Municipal de Serrana em Domingo, 14 de fevereiro de 2021

A vacinação em massa é feita em moradores voluntários com mais de 18 anos que se cadastraram para fazer parte do estudo —grávidas, lactantes, quem teve febre nas últimas 72 horas antes da vacinação e portadores de doenças graves não controladas não podem participar da pesquisa. Um médico que estiver no posto de vacinação fará uma avaliação.

Na primeira fase do estudo, foram vacinadas 6.568 pessoas em uma semana, o que representa 23,1% do total de inscritos, cerca de 30 mil pessoas.

Nova variante

Na noite de ontem, a Prefeitura de Serrana publicou em suas redes sociais que a nova variante do coronavírus está em circulação na cidade. O município fica a 20 km de Ribeirão Preto, que identificou 12 casos de pacientes infectados com a cepa de Manaus.

Em um vídeo, a secretária da Saúde, Leila Gusmão, e a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Glenda Moraes, pediram para a população usar máscara, usar álcool em gel e evitar aglomerações.

"Nós ainda não sabemos se essa variante se tona mais grave no caso ou não, mas, com certeza, ela é de mais fácil transmissão", afirmou Moraes.

Vacinação por região

Para o projeto, a cidade foi divida quatro grandes áreas, separadas por cores. Um sorteio foi realizado para definir a sequência da vacinação.

  • 1ª região (grupo verde): de 17 a 21 de fevereiro
  • 2ª região (grupo amarelo): de 24 a 28 de fevereiro
  • 3ª região (grupo cinza): de 3 a 7 de março
  • 4ª região (grupo azul): de 10 a 14 de março

Para cada região, as doses serão aplicadas de quarta-feira a sexta-feira, das 14h às 20h30. Aos sábados e domingos, a vacinação acontecerá das 8h às 15h30 em um dos endereços abaixo:

  • Escola Deputado José Costa. Rua dos Estudantes, 180 - Centro
  • Escola Jardim das Rosas. Rua Joaquim Santos, 890 - Jardim das Rosas
  • Escola Professora Neusa Maria do Bem. Rua Benedito, 87 - Jardim das Rosas II
  • Escola Professora Dilce G. Netto França. Rua Jorge L. Registro, 176 - Jardim Mariana
  • Escola Edésio M. De Oliveira. Rua Roraima, 92 - Jardim Bela Vista
  • Escola Jd. D. Pedro I. Avenida Arsênio R. Martins, 151 - Jardim D. Pedro I
  • Escola Paulo Sergio G. Betarello. Rua Santa Cruz, 1801 - Jardim Cristina
  • Escola Professora Maria Celina W. de Assis. Rua Antônio Honório Ribeiro, 895 - Centro

Coronavírus