PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Esse conteúdo é antigo

Brasil chega a 13,3 milhões de vacinados contra covid, 6,32% da população

Pouco mais de 13,3 milhões de brasileiros receberam ao menos uma dose de vacina contra a covid-19 - Arthur Stabile/UOL
Pouco mais de 13,3 milhões de brasileiros receberam ao menos uma dose de vacina contra a covid-19 Imagem: Arthur Stabile/UOL

Colaboração para o UOL, em São Paulo

24/03/2021 20h08Atualizada em 24/03/2021 21h33

O Brasil atingiu a marca de 13,3 milhões de vacinados contra a covid-19 nesta quarta-feira (24). No total, 13.389.523 pessoas receberam ao menos uma dose da vacina, o equivalente a 6,32% da população do país. O levantamento é do consórcio de veículos de imprensa do qual o UOL faz parte, baseado nos dados fornecidos pelas secretarias estaduais de saúde.

Entre ontem e hoje, a primeira dose de vacina foi aplicada em 595.786 brasileiros. Outros 83.204 receberam a segunda dose nas últimas 24 horas.

Até agora, 4.418.109 pessoas já receberam as duas doses de vacina, conforme a recomendação dos laboratórios que produzem a CoronaVac e a Oxford/AstraZeneca. O número corresponde a apenas 2,09% da população nacional.

Proporcionalmente, o Amazonas é o estado que mais aplicou a primeira dose de vacina: 405.700 habitantes, o que corresponde a 9,64% da população local. O Pará continua em último, com 3,72%.

O Mato Grosso do Sul permanece na primeira posição entre os estados que, em termos percentuais, mais vacinaram com a segunda dose: 3,07% de seus habitantes.

SP anuncia vacinação de policiais e professores para abril

Profissionais da segurança pública e da educação do estado de São Paulo serão vacinados a partir de abril, conforme anunciado hoje pelo governo estadual. Policiais e administração penitenciária começarão a ser imunizados contra a covid-19 a partir de 5 de abril, enquanto professores e servidores da educação básica a partir dos 47 anos serão vacinados a partir de 12 de abril.

Ao todo, serão 530 mil profissionais dos dois grupos nesta primeira leva. Nestas datas, São Paulo se tornará o primeiro estado a imunizar amplamente os profissionais destas áreas. Além disso, segundo o anúncio, idosos de 69 a 71 anos começarão a ser vacinados na próxima sexta (26).

A expectativa da gestão do governador João Doria (PSDB) é de vacinar 180 mil pessoas da área de segurança pública. Serão imunizados, além de policiais militares, civis e científicos, também agentes de segurança e escolta penitenciária. Os efetivos das guardas civis metropolitanas municipais também estão na lista.

Já os profissionais ligados à educação a serem vacinados incluem professores, diretores de escolas, inspetores de alunos e outros profissionais que atuam em unidades de ensino de creches a escolas do ensino médio das redes incluindo neste caso profissionais das redes municipais, estadual e privada de São Paulo. Serão imunizadas 350 mil pessoas deste grupo.

Veículos se unem pela informação

Em resposta à decisão do governo Jair Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia de covid-19, os veículos de comunicação UOL, O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo, O Globo, G1 e Extra formaram um consórcio para trabalhar de forma colaborativa para buscar as informações necessárias diretamente nas secretarias estaduais de Saúde das 27 unidades da Federação.

O governo federal, por meio do Ministério da Saúde, deveria ser a fonte natural desses números, mas atitudes de autoridades e do próprio presidente durante a pandemia colocam em dúvida a disponibilidade dos dados e sua precisão.

Você utiliza a Alexa? O UOL fornece informações à inteligência artificial por voz da Amazon, com boletins de notícias e dados atualizados do número de brasileiros vacinados contra a covid-19. Para saber sobre a vacinação no país ou no seu estado com a credibilidade do UOL, pergunte: "Alexa, quantas pessoas já foram vacinadas no Brasil?", por exemplo, ou "Alexa, quantas pessoas foram vacinadas?". Nos encontramos lá!

Coronavírus