PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Conteúdo publicado há
1 mês

Minas Gerais tem 1.407 pacientes com covid-19 esperando por leitos

Número de leitos dobra, mas MG ainda tem 1.407 pacientes esperando vaga - Michael Dantas/AFP
Número de leitos dobra, mas MG ainda tem 1.407 pacientes esperando vaga Imagem: Michael Dantas/AFP

Colaboração para o UOL

05/04/2021 16h26

Minas Gerais tem 1.407 pessoas com covid-19 à espera de leitos para internação. São 526 precisando de atendimento em UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e 881 aguardando uma vaga em enfermaria. A informação foi divulgada pelo governador Romeu Zema (Novo), na tarde de hoje.

Na postagem, o governador alegou que, apesar dos esforços para abertura de novas vagas, a demanda segue muito maior. Segundo os dados divulgados por Zema, até fevereiro, eram 2.072 leitos de UTI. Neste mês, com a ampliação, são 4.614. Já os postos de atendimento em enfermarias eram 11.625, chegando a 20.959 agora em abril.

"As unidades de Saúde nunca estiveram tão cheias em todas as regiões", escreveu o governador. Zema também pediu a colaboração dos mineiros. "Precisamos respeitar as medidas de segurança para controlar a disseminação do vírus e recuperar a nossa capacidade de atendimento aos doentes", disse.

O último boletim epidemiológico divulgado pela SES MG (Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais) registra 59 mortes e 2.604 novos casos. Ao todo, desde o início da pandemia, 1.159.039 pessoas foram infectadas e 25.713 perderam a vida para a covid-19 no estado.

Para tentar conter o avanço da doença, grande parte de Minas, incluindo a capital Belo Horizonte, segue a Onda Roxa, fase mais restritiva do plano Minas Consciente. A medida deve ser mantida pelo menos até 11 de abril. Com isso, apenas atividades consideradas essenciais podem funcionar, e os municípios seguem toque de recolher de 20h às 5h.

Saúde