PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
5 meses

Manaus suspende aplicação da primeira dose da vacina contra a covid-19

Doses da Coronavac, vacina contra a covid-19 produzida pelo Instituto Butantan - Marlon Costa/FuturaPress/Estadão Conteúdo
Doses da Coronavac, vacina contra a covid-19 produzida pelo Instituto Butantan Imagem: Marlon Costa/FuturaPress/Estadão Conteúdo

Colaboração para o UOL

28/04/2021 10h13

A Prefeitura de Manaus (AM) suspendeu, a partir de hoje, a aplicação da primeira dose da vacina contra a covid-19. A Secretaria Municipal de Saúde informou que seguirá aplicando a segunda dose normalmente.

De acordo com a prefeitura, a suspensão foi feita a pedido do Ministério da Saúde e será temporária. A medida vale, inclusive, para as pessoas que já haviam agendado a vacinação por meio da plataforma "Imuniza Manaus".

Desde o início da campanha a cidade já vacinou 104,5% dos trabalhadores da saúde. Segundo a Secretaria, a estimativa feita pelo Ministério da Saúde era de 63.317 pessoas neste grupo prioritário. A meta era vacinar 90% deste público.

No entanto, as secretarias de saúde do estado e do município precisaram fazer contratações especiais por conta da pandemia. Sendo assim, o número de trabalhadores da saúde a serem vacinados aumentou: foram 66.488 - o que explica o percentual acima de 100%.

A cidade também já vacinou 96,4% dos idosos com mais de 80 anos, 92,4% dos idosos de 65 a 69 e 82,9% entre 60 e 64 anos. Ao todo, foram aplicadas 444.503 doses das duas vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde, a CoronaVac/Butantan e a AstraZeneca/Oxford.

Até ontem, o estado do Amazonas registrou 12,5 mil mortes por covid-19 no total. Em Manaus foram 8.725 vidas perdidas para a doença.

Coronavírus