PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
1 mês

Casos voltam a subir, e Araraquara (SP) terá novo lockdown, diz secretária

Rua de Araraquara (SP) ficaram vazias durante lockdown decretado em fevereiro - Reprodução
Rua de Araraquara (SP) ficaram vazias durante lockdown decretado em fevereiro Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

17/06/2021 08h17Atualizada em 17/06/2021 08h56

A secretária de Saúde de Araraquara (SP), Eliana Mori Honain, afirmou que a cidade vai decretar novo lockdown para tentar frear o avanço da covid-19. A declaração foi dada em transmissão ao vivo nas redes sociais da prefeitura na manhã de hoje.

Segundo ela, Araraquara completou três dias seguidos com mais de 20% de casos positivos identificados a partir da testagem de pacientes sintomáticos e assintomáticos, um dos critérios estabelecidos em decreto anterior com as regras para a cidade entrar em lockdown.

Nós temos de fazer lockdown porque os leitos de UTI estão lotados. Com essa quantidade de positivados diariamente, o sistema de saúde não suporta.
Eliana Mori Honain, secretária de Saúde de Araraquara

Araraquara decretou o primeiro lockdown em 21 de fevereiro, e a medida durou dez dias. De acordo com a prefeitura, os resultados foram positivos. Os casos caíram 66,2% na cidade e, as internações, 24%, 50 dias após o lockdown. As mortes, por sua vez, caíram 62%.

Ainda não há data para o início do lockdown. Honain disse que vai se reunir hoje com o prefeito Edinho Silva (PT) para o construir o decreto e determinar o prazo em que vai vigorar e as regras.

A secretária afirmou que a prefeitura terá sensibilidade com os serviços considerados essenciais e pediu calma à população.

"Infelizmente, hoje, Araraquara escolheu um remédio amargo para controlar a pandemia. Por favor, com muita calma, com muita serenidade, aguardem as decisões que vamos tomar em relação a Araraquara", afirmou.

Honain disse ainda que vai se reunir com representantes de municípios vizinhos para discutir o assunto e adotarem medidas complementares.

86% das UTIs ocupadas

De acordo com boletim epidemiológico divulgado ontem pela Prefeitura de Araraquara, foram registrados 199 casos de covid-19 na cidade nas últimas 24 horas.

A taxa de ocupação nos leitos exclusivos para covid-19 é de 86% em UTI e de 71% em enfermaria.

"Nós só chegamos a esses números porque há transmissão em Araraquara, e só se evita a transmissão com distanciamento social. Nós viemos avisando a população que a situação estava complicada, que nós estávamos observando o não cumprimento das regras, e a população, infelizmente, fez a escolha", declarou a secretária durante a live hoje.

Coronavírus