PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Cidade de SP começa a aplicar dose de reforço em idosos acima de 70 anos

17.set.21 - Vacinação na UBS de Moema, na zona sul de São Paulo - RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS//ESTADÃO CONTEÚDO
17.set.21 - Vacinação na UBS de Moema, na zona sul de São Paulo Imagem: RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS//ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em São Paulo

27/09/2021 04h00Atualizada em 27/09/2021 10h03

A cidade de São Paulo começa hoje a aplicação da dose de reforço da vacina contra a covid-19 em idosos acima de 70 anos. O requisito é ter tomado a segunda dose ou a dose única há mais de seis meses.

Para receber a nova dose, é preciso comparecer a um dos postos de vacinação com comprovante de vacinação, documento com foto e comprovante de residência.

A expectativa da prefeitura é imunizar 174.198 pessoas deste grupo. O imunizante será o da Pfizer — resultados preliminares de um estudo que está sendo realizado no Uruguai mostra que o reforço com a vacina do laboratório americano aumentou em até 20 vezes o nível de anticorpos em pessoas imunizadas com o esquema completo da Coronavac

A cidade de São Paulo já está aplicando a dose de reforço para idosos acima de 80 e 90 anos e também para pessoas com mais de 18 anos que tenham alto grau de imunossupressão. Para este último grupo o requisito é ter tomado a segunda dose ou dose única há pelo menos 28 dias.

Funcionamento dos postos nesta segunda-feira:

  • Drive-thrus e farmácias: 8h às 17h;
  • Megapostos: 8h às 17h;
  • Unidades Básicas de Saúde (UBSs): 8h às 19h;
  • AMAs/UBSs Integradas: 7h às 19h.

Todos os postos acima aplicam primeira dose, segunda dose e dose de reforço. É possível conferir o endereço dos postos no site da prefeitura.

Xepa para dose de reforço

Profissionais de saúde com mais de 18 anos e idosos acima de 60 podem se inscrever para a xepa da dose de reforço. Em caso de doses remanescentes próximo ao horário de encerramento das UBSs, as pessoas inscritas na xepa são chamadas para receber os imunizantes.

Para participar basta fazer o cadastro em uma UBS (Unidade Básica de Saúde) e apresentar comprovante de ciclo vacinal completo e de residência, bem como um documento com foto.

Saúde