PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Conteúdo publicado há
3 meses

SP divulga calendário de aplicação da 3ª dose até novembro; veja datas

Vacinação na UBS de Moema, na zona sul de São Paulo - RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS//ESTADÃO CONTEÚDO
Vacinação na UBS de Moema, na zona sul de São Paulo Imagem: RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS//ESTADÃO CONTEÚDO

Lucas Borges Teixeira e Sara Baptista

Do UOL, em São Paulo

06/10/2021 13h25Atualizada em 06/10/2021 19h24

O governo do estado de São Paulo divulgou hoje o calendário de aplicação da terceira dose de vacina contra a covid-19. As datas preveem a aplicação do reforço até a primeira semana de novembro.

É um calendário instrutivo. Para receber a dose de reforço, basta que a pessoa tenha tomado a segunda dose de qualquer imunizante há pelo menos seis meses. Além disso, em princípio apenas idosos de 60 a 69 anos ou mais e os trabalhadores da saúde estão aptos a receberem a dose de reforço.

O objetivo do governo paulista, com essa divulgação, é que as pessoas fiquem atentas, mas quem tiver completado seis meses da segunda dose já pode procurar um posto de saúde para se vacinar com a terceira dose.

calendário - Divulgação/Governo do estado de São Paulo - Divulgação/Governo do estado de São Paulo
Imagem: Divulgação/Governo do estado de São Paulo
calendário - Divulgação/Governo do estado de São Paulo - Divulgação/Governo do estado de São Paulo
Imagem: Divulgação/Governo do estado de São Paulo

Com o prazo de seis meses, as diferenças têm se dado, basicamente, pelo imunizante aplicado. Idosos e profissionais de saúde que tomaram CoronaVac, com janela de 28 dias, entre fevereiro e março já tomaram ou deverão tomar nesta semana a dose de reforço.

Já os idosos que tomaram AstraZeneca, com janela de três meses, entre março e abril irão completar o prazo em meados de outubro.

Veja as datas sugeridas:

  • 4 a 10 de outubro (esta semana): idosos de 60 a 69 anos ou mais e os trabalhadores da saúde
  • 11 a 17 de outubro: 80 anos ou mais, cerca de 100 mil pessoas
  • 18 a 24 de outubro: 75 a 79 anos ou mais
  • 25 a 31 de outubro: 70 a 74 anos ou mais
  • 1 a 7 de novembro: 60 a 69 anos ou mais e os trabalhadores da saúde

É preciso reforçar que o calendário é instrutivo, como um lembrete à população de uma estimativa para o prazo. Qualquer um que tiver completado seis meses da segunda dose já pode tomar a dose de reforço em qualquer local de vacinação do estado.

Saúde