PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Renan anuncia cancelamento de evento de homenagem a vítimas de covid-19

30 set. 2021 - Senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Covid, em ação em oitiva na comissão - Edilson Rodrigues/Agência Senado
30 set. 2021 - Senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Covid, em ação em oitiva na comissão Imagem: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Do UOL, em São Paulo

08/10/2021 20h52

O relator da CPI da Covid, senador Renan Calheiros (MDB-AL), anunciou hoje o cancelamento do evento que iria prestar homenagem às vítimas do coronavírus. O parlamentar justificou a medida para se dedicar mais ao relatório final da comissão. O anúncio foi feito por Renan Calheiros através de suas redes sociais.

Para me dedicar mais ao Relatório e evitar narrativas políticas e fake news, cancelamos a cerimônia que homenagearia às vítimas da covid 19. Os responsáveis pelas mais de 600 mil mortes serão punidos pela justiça dos homens e de Deus. Renan Calheiros anuncia cancelamento de cerimônia em homenagem às vítimas da covid-19

O evento estava previsto para ocorrer no próximo dia 19, antes da votação do relatório final da CPI, no auditório do Senado Federal.

Segundo apurou o UOL, a ideia era convidar parentes de vítimas da covid-19 de cada estado, que fariam pequenos discursos, de um a dois minutos, enquanto os números de mortos e de contaminados pelo novo coronavírus fossem apresentados.

Integrantes da comissão planejavam trazer parentes de vítimas conhecidas. Dentre os possíveis convidados estariam a atriz Glória Menezes, viúva do ator Tarcísio Meira, e Déa Lúcia Amaral, mãe do ator Paulo Gustavo, também morto pela doença.

O custeio das passagens aéreas aos familiares das vítimas, segundo informou um senador da cúpula da CPI à reportagem do UOL, ficaria a cargo do próprio Senado.

Nesta sexta-feira (8), o Brasil atingiu a marca de 600 mil mortos em decorrência da covid-19, conforme levantamento feito pelo consórcio de veículos de imprensa, do qual o UOL faz parte, junto às secretarias estaduais de Saúde.

O número foi atingido em um momento de arrefecimento da doença diante do avanço da vacinação, apesar do temor pela propagação da variante delta, considerada mais transmissível.

Saúde