PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Vecina: 'É tempo de voltar às aulas; está na hora de correr alguns riscos'

Colaboração para o UOL

13/10/2021 09h48

Para o médico sanitarista Gonzalo Vecina Neto, a situação da pandemia da covid-19 no Brasil permite que alguns riscos sejam tomados. Um deles é a volta das crianças e adolescentes para o ensino presencial.

"Não existem decisões simples. A escola não é apenas para ler e escrever, é um espaço para aprender a viver em sociedade, há perdas irrecuperáveis. É tempo de voltar às aulas", falou ao UOL News.

Vecina ressaltou que o uso de máscaras nas aulas deve ser obrigatório e as instituições devem se atentar à ventilação. "Não existe risco zero. Quanto ao distanciamento, muitas das nossas escolas não estão preparadas", afirmou. "Menos de 30% das escolas podem garantir o distanciamento", completou.

Além disso, ele sugeriu que as secretarias de saúde passem a gestão da pandemia no âmbito da educação para as escolas, diretores, professores e grupos de pais e responsáveis.

Se tiver um caso, aquela classe terá que fazer uma quarentena de 14 dias para não pipocar outros casos. Os professores estão todos vacinados, ainda há risco, mas o de doença grave ou morte é bastante menor. Temos que recuperar o atraso."

Para o médico, aprender a manejar os perigos do coronavírus é "parte da vida". "Devemos aprender a viver melhor na Terra para evitar outras pandemias", alertou.

Saúde