PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
1 mês

Ômicron: Queiroga diz que não há motivo para fechamento total da economia

Do UOL, em São Paulo

02/12/2021 16h55

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou hoje não ver motivo para um fechamento total da economia após a detecção de casos da variante ômicron do novo coronavírus no país.

"Não podemos sair de uma situação libertária de festas, Réveillon, Carnaval, para uma situação de fechamento total da nossa economia, porque as consequências nós já sabemos. Até porque não há motivo para isso, até agora, o que já é notificação da variante que tem muitas mutações, mas o real impacto sobre a saúde, não sabemos. Torcemos para que os casos da variante ômicron sejam mais leves", disse ele durante reunião em Brasília transmitida pelo YouTube.

Queiroga também afirmou que a variante é "de preocupação, não de desespero", porque as autoridades estão preparadas para responder a ela, e exaltou os números da vacinação contra covid-19 no Brasil. "Isso [ampla vacinação] nos dá tranquilidade para enfrentar a ômicron e outras possíveis variantes que possam surgir no mundo ou no nosso país", declarou.

Durante o evento, o secretário de Saúde do Distrito Federal, Manoel Luiz Narvaz Pafiadache, confirmou dois casos da nova mutação em Brasília. Com isso, o Brasil já soma cinco casos da nova cepa —os outros três foram detectados em São Paulo.

A ômicron já foi detectada em pelo menos 12 países e considerada pela OMS (Organização Mundial da Saúde) como "variante de preocupação". Ainda não se sabe se ela é mais transmissível ou letal que as demais mutações, mas a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) já reforçou que as vacinas existentes continuam sendo eficazes para evitar quadros graves e mortes pela covid-19.

Coronavírus