PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
4 meses

Aniversários frustrados: covid-19 em cruzeiro acaba com planos de família

Família de Campinas (SP) embarcaria no Costa Diadema, da Costa Cruzeiros, na data de hoje - Reprodução
Família de Campinas (SP) embarcaria no Costa Diadema, da Costa Cruzeiros, na data de hoje Imagem: Reprodução

Henrique Sales Barros e Luciana Amaral

Do UOL, em São Paulo e em Brasília

03/01/2022 14h51

Kelly Bocardi planejava comemorar, além do aniversário dos dois filhos, os dez anos de casamento com o marido, Fábio Bucheroni, em um cruzeiro que partiria hoje de Santos (SP). O momento de festa, porém, acabou frustrado por causa da covid-19.

O embarque da família no Costa Diadema, da companhia italiana Costa Cruzeiros, foi cancelado devido a um surto de covid-19 que atingiu a embarcação no fim de dezembro.

As atividades do cruzeiro foram interrompidas na última quinta-feira (30) pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Hoje pela manhã, a embarcação atracou no litoral paulista.

Ao parar em Salvador — o roteiro do Costa Diadema inclui a capital baiana e Ilhéus (BA) — em 30 de dezembro, foram identificados 68 casos de infectados pelo novo coronavírus no cruzeiro: 56 tripulantes e 12 passageiros. Ao todo, são 3.836 pessoas no navio.

"Eu troquei a minha data de férias e não vou conseguir viajar mais, já que retorno para o trabalho. É muito complicado isso", relatou Kelly Bocardi, que, assim como o marido, atua como personal training.

Ela havia conseguido um período de férias entre 23 de dezembro e 11 de janeiro justamente para embarcar no Costa Diadema, de onde desembarcaria em 10 de janeiro.

Na imagem: Kelly Bocardi e Fábio Bucheroni (dir.) e os filhos (esq.), que completam 17 anos esta semana - Reprodução - Reprodução
Na imagem: Kelly Bocardi e Fábio Bucheroni (dir.) e os filhos (esq.), que completam 17 anos esta semana
Imagem: Reprodução

Cancelamento na véspera do Ano-Novo

Bocardi recebeu a notícia do cancelamento do cruzeiro no dia 31 de dezembro, por volta das 16h (horário de Brasília) quando já estava, ao lado da família, hospedada no Guarujá (SP), cidade vizinha a Santos — os quatro vieram de Campinas (SP), no interior.

Em um primeiro momento, ela achou que se tratava de um trote ou um golpe. "O rapaz que ligou nem o nome informou", lembrou. "Ele só disse que a gente teria mais informações [em breve sobre o cancelamento] e pronto."

Para a família, a comemoração da virada de ano acabou sendo frustrada. "A gente nem teve Réveillon, na verdade. Eles não tiveram nenhum compadecimento", lamentou. "E a gente está aqui sem saber o que fazer", acrescentou.

Durante o fim de semana, a personal training tentou contatar, via telefone, a Costa Cruzeiros. Sem sucesso: segundo ela, ao efetuar a ligação, uma mensagem automática dizia que o atendimento estava suspenso devido ao feriado e só retornaria hoje.

"É um absurdo eles não terem colocado ninguém atender a gente durante esses dias. A gente precisa saber, nosso embarque era hoje, dia 3."

Na imagem: Costa Diadema é visto atracado no Porto de Santos, em 27 de dezembro - Luigi Bongiovanni/The News/Estadão Conteúdo - Luigi Bongiovanni/The News/Estadão Conteúdo
Na imagem: Costa Diadema é visto atracado no Porto de Santos, em 27 de dezembro
Imagem: Luigi Bongiovanni/The News/Estadão Conteúdo

Nova tentativa de contato, sem sucesso

Hoje pela manhã, Kelly Bocardi disse ter tentado ligar, a partir das 9h, no mesmo número de telefone. Novamente, sem sucesso: ainda de acordo com ela, o número ficou em modo de espera por um tempo e, depois, a ligação caiu.

A ideia dela é pedir o reembolso do valor pago pelo cruzeiro. O prejuízo, porém, é inevitável. "Tudo fora do navio é um custo nosso. Essa hospedagem (no Guarujá), estacionamento, alimentação: são custos que não terão ressarcimento", lamentou.

Procurada pela UOL, a Costa Cruzeiros disse que está oferecendo a possibilidade de as pessoas que pagaram pelo cruzeiro cancelado receberem todo o dinheiro gasto de volta ou um crédito a ser utilizado em outras viagens da companhia.

"A critério da Costa, o reembolso poderá ser executado via depósito ou estorno do cartão de crédito usado no pagamento da viagem. Os procedimentos para solicitação do reembolso devem ser verificados no site da Costa Cruzeiros", disse a companhia.

Já para quem optar pelo crédito, a Costa Cruzeiros esclareceu que o voucher deverá ser utilizado até 31 de dezembro de 2022, e apenas para embarques até 30 de junho de 2023.

Desembarque em Santos (SP)

Quando a viagem do cruzeiro foi interrompida, na antevéspera do Ano-Novo, o navio foi impedido de parar em Ilhéus e teve que, seguindo determinação da Anvisa, ir diretamente para Santos.

"Somente passageiros com teste positivo ou residentes locais puderam desembarcar no Porto de Salvador", disse a Vigilância Sanitária em nota emitida ontem.

A agência também determinou que a embarcação seguisse "sob restrições durante navegação", sem que houvesse qualquer atividade não essencial a bordo até que ela chegasse ao litoral paulista.

Após a virada de ano, porém, a agência recebeu imagens do que teria sido uma festa de Ano-Novo dentro do Costa Diadema, que foi promovida mesmo com o surto de covid-19 no navio.

Em nota emitida ontem, o órgão disse que os fatos serão apurados e, "se constatada irregularidade, os responsáveis serão penalizados". "Dentre as penas, estão multas e, até mesmo, a suspensão das atividades das embarcações", acrescentou.

Um passageiro que estava a bordo do Costa Diadema e que desembarcou hoje em Santos relatou que, ontem, foram realizados testes de covid-19 em todos os passageiros presentes na embarcação.

Ainda segundo ele, alguns presentes na embarcação precisaram ser isolados nas cabines após terem infecção pelo novo coronavírus constatada. Todos tiveram que assinar termos se comprometendo a se isolarem assim que desembarcassem do navio.

Costa Diadema só deve, por ora, voltar às atividades em 17 de janeiro - Divulgação - Divulgação
Costa Diadema só deve, por ora, voltar às atividades em 17 de janeiro
Imagem: Divulgação

Situação dos embarques

Além de embarque na data de hoje, a Costa Cruzeiros também cancelou embarques no Costa Diadema na próxima segunda-feira, 10 (em Santos), e em 6 e 13 de janeiro (em Salvador).

"A partir de 17 de janeiro de 2022, as atividades do Costa Diadema serão reiniciadas com a programação regular, em cruzeiros de sete noites, com embarques em Santos e Salvador até 18 de abril de 2022", segundo nota no site da companhia.

A Anvisa recomendou ontem ao Ministério da Saúde a suspensão preventiva da temporada de cruzeiros em todo litoral brasileiro. A recomendação foi criticada por empresas do setor.

Coronavírus