PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Vacina covid: SP diz que quase 250 mil crianças tomaram a 1ª dose em 4 dias

Do UOL, em São Paulo

24/01/2022 16h30

Quase 250 mil crianças de 5 a 11 anos receberam a primeira dose da vacina contra covid-19 no estado de São Paulo entre sexta-feira (21) e as 15h30 de hoje (24), segundo o governo paulista. Na quinta (20), a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) liberou a CoronaVac para o público de 6 a 11 anos sem imunossupressão.

A vacinação infantil começou em 14 de janeiro no estado —quando chegaram as primeiras doses do imunizante da Pfizer, liberada pela Anvisa, em dezembro, para crianças a partir de 5 anos. Entre 14 e 20 de janeiro, entretanto, só foram vacinadas as crianças com comorbidades ou deficiência, quilombolas e indígenas.

Considerando a vacinação infantil desde 14 de janeiro, em território paulista:

  • Receberam a 1ª dose, no total, 308,3 mil crianças.
  • Cerca de 59 mil até quinta-feira (20).
  • Cerca de 249 mil de sexta (21) às 15h30 de hoje.

A meta do governo paulista é fornecer uma dose de vacina contra a covid a 4,3 milhões de crianças até a segunda semana de fevereiro —até agora, de acordo com a gestão tucana, a campanha atingiu 7,69% deste público.

Na semana passada, o Instituto Butantan entregou 4 milhões de doses de CoronaVac para o estado. Outro lote de 4 milhões de doses deve ser enviado aos municípios nesta semana.

Na capital paulista, a vacinação para o público geral de 5 a 11 anos —sem comorbidades ou deficiência— começou no sábado (22), com vacinas da Pfizer e CoronaVac. Neste dia, mais de 85 mil crianças receberam a primeira dose, de acordo com balanço da administração municipal. Para o secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, o resultado foi "um sucesso".

Como funciona a campanha de vacinação contra covid na capital

A cidade de São Paulo segue com a campanha de vacinação hoje. As crianças podem receber o imunizante em 469 unidades básicas de saúde, além de 80 AMAs/UBSs Integradas, megapostos e drive-thrus.

Amanhã (25), feriado de aniversário do município, 80 AMAs e UBSs Integradas estarão abertas para a campanha de imunização infantil. As farmácias parceiras e os postos nos parques só atenderão adolescentes e adultos, segundo informou a Secretaria Municipal de Saúde.

Para se vacinarem, os pequenos devem estar acompanhados de um responsável maior de 18 anos, que apresente documento de identificação (preferencialmente CPF), comprovante de residência e carteirinha de vacinação.

As crianças de 5 anos e as imunossuprimidas serão vacinadas apenas com a vacina da Pfizer.

Inicialmente, o Instituto Butantan, responsável por produzir a CoronaVac no Brasil, havia solicitado a liberação do uso da vacina em crianças a partir de 3 anos. O colegiado da Anvisa, no entanto, autorizou o uso apenas em maiores de 6 anos que não sejam imunossuprimidos.

Como é a vacina da CoronaVac para crianças e jovens?

  • Mesma formulação aplicada em adultos;
  • Mesma dose adulta: 600 SU em 0,5 ml (SU é a substância que, introduzida no organismo, provoca a formação de anticorpo);
  • Duas doses, com intervalo entre duas e quatro semanas;
  • Faixa etária: 6 a 17 anos; Restrição: não aplicar em crianças imunossuprimidas.

Saúde