PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
4 meses

Covid-19: Mortes no mundo atingem maior média móvel em quatro meses

Manifestações neurológicas ocorrem comumente em pessoas hospitalizadas com covid-19 - iStock
Manifestações neurológicas ocorrem comumente em pessoas hospitalizadas com covid-19 Imagem: iStock

Caíque Alencar

Do UOL, em São Paulo

25/01/2022 09h00Atualizada em 25/01/2022 09h35

As mortes pela covid-19 no mundo atingiram a maior média móvel nos últimos quatro meses, mostram dados da plataforma Our World in Data, que monitora os casos conhecidos e óbitos registrados pela doença em todos os países do mundo. Até ontem, a média móvel de mortes nos últimos sete dias chegou a 8.209.

A última vez que houve registro de uma média maior do que essa foi em 24 de setembro do ano passado, quando os óbitos atingiram a média de 8.358 em sete dias.

Os Estados Unidos são o país líder na média móvel de óbitos na última semana. Segundo a plataforma, a média está em 2.188 nos números contabilizados até ontem. O país também está na dianteira na média móvel de casos conhecidos, com 731.148 contaminações.

Ranking dos países com maior média móvel de mortes

  1. Estados Unidos: 2.188
  2. Rússia: 669
  3. Índia: 528
  4. Itália: 354
  5. Brasil: 308
  6. Reino Unido: 263
  7. México: 261
  8. França: 251
  9. Polônia: 219
  10. Colômbia: 192

Recorde na média móvel de casos conhecidos

O mundo também registrou ontem, pelo sétimo dia seguido, o recorde na média móvel de casos conhecidos de covid-19. De acordo com a plataforma Our World In Data, a média chegou a 3,41 milhões nos últimos sete dias.

Ranking dos países com maior média móvel de casos conhecidos

  1. Estados Unidos: 731.148
  2. França: 361.163
  3. Índia: 311.561
  4. Itália: 173.006
  5. Brasil: 150.360
  6. Espanha: 122.341
  7. Alemanha: 115.049
  8. Argentina: 106.190
  9. Reino Unido: 92.939
  10. Israel: 90.384

Coronavírus