PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Conteúdo publicado há
1 mês

Bolsonaro agradece primeiro-ministro indiano por vacinas que chegam hoje

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) é alvo de denúncia na PGR                              - ALAN SANTOS/PR
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) é alvo de denúncia na PGR Imagem: ALAN SANTOS/PR

22/01/2021 13h03

O presidente Jair Bolsonaro usou suas redes sociais para agradecer o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, pela liberação da exportação de 2 milhões de doses de vacinas da AstraZeneca, previstas para chegar ao Brasil no final da tarde desta sexta-feira.

"O Brasil sente-se honrado em ter um grande parceiro para superar o obstáculo global. Obrigado por nos auxiliar com as exportações de vacinas da Índia para o Brasil", escreveu o presidente em dois posts, um em português e outro em inglês, terminando com a palavra "dhanyavad" —gratidão, em sânscrito.

As doses da vacina que chegam nesta sexta estão sendo enviadas pelo governo indiano, na primeira autorização de venda comercial do imunizante fabricado no país, depois do governo brasileiro ter anunciado a comprar e ter chegado a preparar um avião para buscar os imunizantes na semana passada.

O governo indiano, no entanto, não liberou a venda antes de começar seu próprio processo de vacinação.

No dia 8, Bolsonaro enviou uma carta a Narendra Modi pedindo ajuda para que as vacinas fosse liberados com urgência. No texto, cuja íntegra não foi divulgada oficialmente pelo governo, Bolsonaro informava que os medicamentos fariam parte do plano nacional de imunizantes e agradecia a Índia pela liberação das exportações dos insumos farmacêuticos produzidos naquele país, ?de extrema relevância para o abastecimento do mercado brasileiro?.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)

Saúde