Dois britânicos são acusados após resgate de migrantes no Canal da Mancha

Londres, 30 Mai 2016 (AFP) - Dois britânicos foram acusados nesta segunda-feira de terem infringido a lei de imigração no âmbito de uma investigação após o resgate no Canal da Mancha de vinte pessoas, 18 delas albanesas, anunciou o ministério do Interior britânico.

Os dois homens, de 33 e 35 anos, deverão comparecer ante a justiça nesta segunda-feira.

Dezoito albaneses, entre eles duas crianças e uma mulher, foram resgatados diante da costa britânica na noite de sábado depois que o bote inflável no qual se encontravam começou a afundar.

Dois britânicos também estavam a bordo.

A guarda-costeira britânica recebeu um pedido de ajuda no sábado pouco antes da meia-noite em Dymchunc, cidade situada em frente a Calais (França), e a embarcação, com 20 pessoas, foi localizada no domingo às 02h00 locais (22h00 de Brasília de sábado).

As autoridades britânicas mobilizaram um helicóptero a partir da cidade de Lydd e barcos de resgate a partir das localidades costeiras de Dungeness e Folkestone.

A Companhia Nacional de Salvamento Marítimo (SNSM) de Calais, no norte da França, ajudou na operação.

O ministério do Interior indicou ainda que um segundo bote, suspeito de estar relacionado ao primeiro, foi encontrado no domingo em uma praia em Dymchurch, na costa sudeste da Inglaterra, em frente à cidade francesa de Calais.

Cerca de 4.000 migrantes, segundo as autoridades francesas - 5.000, de acordo com diversas associações -, vivem atualmente na "Selva" de Calais, um acampamento que abriga migrantes que desejam chegar à Grã-Bretanha.

Na terça-feira passada, 17 albaneses e um britânico já haviam atracado no porto de Chichester Marina, a bordo de um catamarã, antes de serem detidos pela polícia.

No início de fevereiro, quatro migrantes iranianos que estavam prestes a naufragar em uma embarcação no Canal da Mancha foram resgatados milagrosamente graças a outro migrante que pôde chegar à praia de Sangatte, no norte da França, e alertar os socorristas.

No fim de março, a Marinha nacional socorreu três migrantes iranianos em perigo a bordo de sua embarcação inflável ao longo de Dunkerque (norte da França).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos