Ataque contra serviço de inteligência da Jordânia deixa 5 mortos

Em Amã

Cinco pessoas morreram nesta segunda-feira (6) em um "ataque terrorista" contra um escritório do serviço de inteligência da Jordânia no campo de refugiados palestino de Baqa'a, ao norte de Amã, anunciou o governo.

"O escritório do serviço de inteligência no campo de Baqa'a foi alvo de um ataque abjeto pouco antes das 7h (1h de Brasília), que deixou cinco mortos entre seus integrantes", afirmou o porta-voz do governo, Mohamed Momani.

O porta-voz disse que as "forças de segurança estão investigando as circunstâncias do ataque terrorista e procurando os culpados".

Momani informou que um guarda, um funcionário e três suboficiais morreram no ataque, que coincide com o primeiro dia do mês de jejum muçulmano do Ramadã.

Desde 2014, a Jordânia participa na coalizão internacional contra o grupo Estado Islâmico (EI) na Síria e Iraque, liderada pelos Estados Unidos.

Em março, Amã anunciou que havia desbaratado vários atentados do grupo EI após uma ampla operação que terminou com a morte de sete jihadistas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos