Governo da Colômbia e guerrilheiros das Farc assinam cessar-fogo

Havana, 23 Jun 2016 (AFP) - O governo da Colômbia e os guerrilheiros das Farc assinaram um cessar-fogo definitivo e um acordo de desarmamento nesta quinta-feira, em Havana, um dos últimos passos no caminho para encerrar um conflito que já dura meio século.

O presidente colombiano, Juan Manuel Santos, e o líder das Farc, Timoleon Jimenez, assinaram o acordo e trocaram um aperto de mãos durante uma cerimônia, em Cuba, ao lado de líderes internacionais.

Segundo o acordo firmado, as Nações Unidas receberão a totalidade das armas das Farc para sua destruição e a construções de três monumentos feitos com elas de comum acordo entre o Governo Nacional e a guerrilha.

Em uma reação imediata, os Estados Unidos felicitaram o governo colombiano por ter chegado a um acordo de cessar-fogo definitivo com as Farc, abrindo finamente o caminho para a solução de um conflito armado de mais de meio século.

"Apesar de persistirem os desafios no momento em que as duas partes continuam negociando um acordo de paz definitivo, o anúncio de hoje representa um importante avanço para por fim ao conflito", comentou Susan Rice, assessora para segurança nacional do presidente Barack Obama.

bur-rlp/sst/mvv/cn

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos