Sete pessoas são hospitalizadas após brigas em manifestação neonazista na Califórnia

  • Steven Styles/ AP

    Policiais escoltam um dos feridos após confronto perto do Capitólio da Califórnia (EUA)

    Policiais escoltam um dos feridos após confronto perto do Capitólio da Califórnia (EUA)

Sete pessoas foram hospitalizadas, duas delas em estado grave, após enfrentamentos perto do Capitólio da Califórnia em uma manifestação neonazista neste sábado, informaram autoridades.

A organização neonazista foi interceptada por manifestantes contrários, segundo Chris Harvey, porta-voz do Departamento de Bombeiros de Sacramento.

O mesmo departamento publicou no Twitter que algumas vítimas tiveram "traumas críticos por punhaladas". Não ficou claro na mensagem a qual grupo pertenciam os feridos.

Segundo o jornal The Sacramento Bee, os confrontos se deram entre 25 neonazistas que tiveram permissão para se manifestar no Capitólio (escalões oeste) e mais de 150 manifestantes anarquistas e antifascistas.

Os serviços de emergência receberam uma chamada do local às 19h00 GMT (16H00 horário de Brasília).

O jornal Los Angeles Times informou que um grupo supremacista racial e anti-imigração chamado Partido Tradicionalista dos Trabalhadores (Traditionalist Workers Party) liderava o evento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos