Adolescente israelense é morta em ataque na Cisjordânia

Jerusalém, 30 Jun 2016 (AFP) - Uma adolescente israelense esfaqueada nesta quinta-feira por um palestino em uma colônia da Cisjordânia ocupada morreu pouco depois de ser levada ao hospital, indicou o exército.

Um palestino invadiu a casa da adolescente, na colônia de Kyriat Arba, e a esfaqueou em seu quarto. O exército indicou que a vítima era uma adolescente de 13 anos, enquanto os serviços de emergência indicaram pouco antes que tinha 15.

Segundo os meios de comunicação israelenses, a adolescente se chamava Alel Yafa Ariel e foi esfaqueada quando dormia na própria cama.

O ministério da Saúde palestino identificou o autor do ataque, que morreu baleado pelos guardas da colônia, como Mohamad Naser Tarayra, um jovem de 19 anos de Bani Naim, um povoado palestino próximo a Hebron.

Os Territórios Palestinos, Jerusalém e Israel, vivem uma onda de violência desde 1º de outubro que deixou 211 palestinos e 32 israelenses mortos, segundo um balanço da AFP.

A maioria dos palestinos mortos eram autores ou supostos autores de ataques, muitos deles cometidos com facas e de maneira individual, e outros com armas de fogo ou lançando carros contra pessoas.

Muitos dos ataques ocorreram na colônia de Kiryat Arba e na cidade vizinha de Hebron.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos