Imã egípcio chama de 'bárbaro' assassinato de padre francês

Cairo, 27 Jul 2016 (AFP) - O grande Imã da mesquita Al-Azhar, no Cairo, uma das instituições mais prestigiadas do Islã sunita, descreu de "bárbaro" o assassinato de um padre em sua igreja na França, reivindicado pelo grupo Estado Islâmico (EI).

Os dois homens que atacaram na terça-feria a igreja de Saint-Etienne-du-Rouvray, no nordeste da França, e mataram o padre que oficiada, "eram desprovidos de qualquer humanidade e valores do Islã", afirmou o xeque Ahmed al-Tayeb em um comunicado da al-Azhar, instituição que inclui a mesquita e a universidade de mesmo nome, um dos principais centros de ensino do Islã no mundo.

O imã também "reiterou seu apelo a um esforço conjunto para combater o câncer do terrorismo que ameaça o mundo inteiro.".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos