PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Três industriais são detidos após golpe de Estado frustrado na Turquia

29/07/2016 07h41

Ancara, 29 Jul 2016 (AFP) - Três conhecidos industriais foram detidos provisoriamente nesta sexta-feira no âmbito das investigações abertas após o golpe de Estado frustrado na Turquia, centradas na rede do pregador Fethullah Gülen e que também afetaram o mundo dos negócios.

Mustafa Boydak, presidente do conglomerado familiar Boydak Holding Company, foi preso na cidade de Kayseri, no centro da Turquia, anunciou a agência de notícias governamental Anatolia.

Outros dois dirigentes do grupo, Sukru Boydak e Halit Boydak, foram detidos em suas casas. A polícia também procurava o presidente do grupo, Haci Boydak, e Ilyas e Bekir Boydak, contra os quais também foram emitidas ordens de prisão.

O grupo Boydak Holding tem interesses em energia, finanças e móveis, setor no qual possui marcas conhecidas na Turquia, como Istikbal e Bellona.

sjw-pt/iw/jh/jvb/meb/ma

Internacional