Venezuela terá 'general do arroz' na guerra contra escassez

Em Caracas

  • Meridith Kohut/The New York Times

    Homem procura por comida em supermercado que foi saqueado em junho, em Cumaná, na Venezuela

    Homem procura por comida em supermercado que foi saqueado em junho, em Cumaná, na Venezuela

O ministro para a Defesa da Venezuela, general Vladimir Padrino, nomeará um comandante para cada um dos 18 principais tipos de alimentos, entre eles o arroz, como parte de um plano do presidente Nicolás Maduro que busca combater a severa escassez sofrida pelos venezuelanos.

"Ordenei (...) nomear um general, com uma equipe cívico-militar, por cada setor alimentício; ou seja, um general ou almirante será chefe do arroz e vai mostrar um mapa completo, da produção, ou importação, até a comercialização", explicou o ministro, citado nesta quarta-feira (24) pela imprensa local.

Encarregado da chamada "Grande Missão de Abastecimento Soberano e Seguro", Padrino anunciou a criação de uma unidade de apoio especial, com 250 brigadistas e 1.700 líderes comunais "para recolher as colheitas".

"Com isso, buscamos governar realmente os 18 produtos primários tanto de farmácia como de consumo", afirmou o general, sem informar os setores, durante uma discussão com Maduro sobre o avanço do plano.

O ministro acrescentou que foi criada uma Comissão Especial para abordar o tema de distribuição de insumos médicos, cuja escassez atinge 81%, segundo uma pesquisa realizada por organizações médicas e acadêmicas.

"Não podemos continuar permitindo que essa distribuição fique nas mãos de drogarias privadas, se temos uma capacidade deixada pelo comandante Hugo Chávez, computadorizada (...). Já começaram a trabalhar nessa área", afirmou Padrino.

Maduro, que enfrenta uma baixa popularidade, espera que os militares ponham ordem na distribuição de mercadorias e reduzam a aguda escassez de mais de 80% em alimentos e remédios que angustia os venezuelanos e provoca longas filas nos supermercados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos