Hollande alerta para 'risco de agitação geral' na Síria por intervenção da Turquia

Paris, 30 Ago 2016 (AFP) - O presidente francês, François Hollande, advertiu nesta terça-feira para os "riscos de agitação geral" na Síria pelas "intervenções múltiplas e contraditórias" da Turquia e da Rússia no conflito.

"Estas intervenções múltiplas e contraditórias trazem riscos de agitação geral", declarou o chefe de Estado francês durante um discurso ante a conferência de embaixadores no Eliseu, em referência, principalmente, à intervenção militar de Ancara contra os curdos.

"A urgência absoluta é colocar fim aos combates", acrescentou.

Hollande afirmou que "é perfeitamente compreensível" que a Turquia atue contra os extremistas do grupo Estado Islâmico (EI) pelos atentados ocorridos neste país e para controlar sua fronteira, mas lamentou as "ações (da Turquia) contra os curdos, que enfrentam o Estado Islâmico com o apoio da coalizão".

Além disso, o presidente criticou a utilização de armas químicas por parte do regime de Damasco depois de 2013 e afirmou que a França "trabalha para a adoção de uma resolução do Conselho de Segurança" da ONU "para condenar estes atos abomináveis e prever sanções contra seus autores".

ha-cf/blb/at/jvb/pc/ma

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos