Principais declarações do primeiro debate Clinton-Trump

Hempstead, Estados Unidos, 27 Set 2016 (AFP) - A candidata democrata Hillary Clinton e seu rival republicano à Casa Branca, Donald Trump, travaram na segunda-feira um duelo tenso no primeiro debate presidencial, que foi assistido por dezenas de milhões de telespectadores.

A seguir algumas frases importantes do primeiro dos três debates presidenciais para a eleição de 8 de novembro:

Energia para governarTrump: "Eu disse que ela não tem energia. E eu não acredito que ela tem a energia. Para ser presidente deste país você precisa de uma tremenda energia".

Clinton: "Quando ele viajar por 112 países e negociar um acordo de paz, um cessar-fogo, a libertação de dissidentes (...) ou passar 11 horas depondo em uma comissão do Congresso, aí sim poderá me falar de energia".

A experiência correta?Trump: "Hillary tem experiência. Mas é ruim, experiência ruim".

Preparação em excesso?Clinton: "Eu acredito que Donald acabou de me criticar por ter me preparado para este debate. E sim, eu fiz isto. E sabem para o que mais eu me preparei? Eu me preparei para ser presidente. E penso que isto é um algo bom".

Realidade própriaClinton: "Eu sei que você vive em sua própria realidade, mas estes não são os fatos", afirmou a democrata depois que Trump criticou seu apoio ao acordo comercial TransPacífico.

"Mentira racista"Clinton: "Ele realmente iniciou sua carreira política baseado na mentira racista de que nosso primeiro presidente negro não é um cidadão americano", disse, em referência ao apoio de Trump ao movimento que questiona o local de nascimento de Barack Obama.

Se você divulgar, eu divulgoClinton: "Não tenho nenhuma razão para acreditar que ele vai divulgar sua declaração do imposto de renda, porque há algo que está escondendo".

Trump: "Eu divulgarei minha declaração de renda, contra o desejo do meu advogado, quando ela divulgar os 33.000 e-mails que foram apagados".

"Pura conversa""Típico político. Pura conversa, nenhuma ação. Soa bem, não funciona. Nunca vai acontecer", disse Trump ao criticar o plano econômico da rival.

Polícia do mundoTrump: "Quero ajudar todos os nossos aliados, mas estamos perdendo bilhões e bilhões de dólares. Nós não podemos ser a polícia do mundo, não podemos proteger países em todo o mundo, onde eles não estão pagando o que precisamos".

Caos no Oriente MédioTrump: "Você olha para o Oriente Médio e é um caos total, sob a sua direção (como secretária de Estado), em larga medida".

"Você fala de derrotar o Estado Islâmico. Mas você estava lá e você foi secretária de Estado quando ainda eram pequenos. Agora estão em mais de 30 países e você vai detê-los? Não acredito".

ShhhClinton: "Bem, ao menos eu tenho um plano para lutar contra o Estado Islâmico"

Trump: "Não, não, você está dizendo ao inimigo tudo o que deseja fazer".

Clinton: "Não, não estamos".

Trump: "Você está contando ao inimigo tudo o que deseja fazer. Não admira você tem lutado contra o EI por toda sua vida adulta".

No fim das contasTrump: "Quero tornar os Estados Unidos grandes de novo. Eu terei condições de fazer, eu não acredito que Hillary terá. A resposta é, se ela vencer, eu absolutamente vou apoiá-la".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos