Candidato libertário à Casa Branca não consegue citar nomes de líderes estrangeiros

Em Washington

  • Bryan R. Smith/ AFP

    O candidato Gary Johnson, do Partido Libertário

    O candidato Gary Johnson, do Partido Libertário

O candidato do Partido Libertário às eleições presidenciais dos Estados Unidos, Gary Johnson, foi incapaz de citar qualquer líder estrangeiro durante uma entrevista, três semanas depois de ter admitido que não sabia o que era a cidade síria de Aleppo.

Johnson, ex-governador do estado do Novo México, ficou sem palavras por quase um minuto durante uma entrevista na quarta-feira à noite ao canal MSNBC, quando o jornalista pediu que ele mencionasse os líderes estrangeiros de sua preferência.

"Quem é o seu líder estrangeiro preferido? De qualquer continente, de qualquer país, cite um líder que você respeite e admire, qualquer um", afirmou o jornalista Chris Matthews.

O candidato a vice de Johnson, William Weld, respondeu primeiro: "O meu é Shimon Peres". Mas o jornalista explicou que se referia a algum líder vivo.

"Vamos seguir. Você deve saber. Não importa de onde, não importa de que continente. Canadá, México, Europa... Ásia, América do Sul, África, cite qualquer líder estrangeiro que respeite", insistiu Matthews.

"Acho que estou tendo um momento Aleppo", respondeu Johnson.

Depois chegou a afirmar "o ex-presidente do México", mas sem citar o nome.

"Cérebro congelado", disse.

Weld tentou salva a situação e disse "Fox", em referência ao ex-presidente mexicano Vicente Fox (2000-2006).

"Fox! Ele era genial", completou Johnson ao retomar a palavra.

O partido de Johnson está, em geral, à margem do panorama político americano, mas este ano pode ter algum peso com os eleitores que rejeitam a democrata Hillary Clinton e o republicano Donald Trump, os aspirantes à Casa Branca mais impopulares da história dos Estados Unidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos