Obama afirma que a paz continua sendo uma "tarefa inacabada"

Jerusalém, 30 Set 2016 (AFP) - O presidente americano Barack Obama afirmou nesta sexta-feira em Jerusalém, no funeral de Shimon Peres, que a paz entre Israel e os palestinos, que tanto desejava o prêmio Nobel da Paz falecido na quarta-feira, continua sendo uma "tarefa inacabada".

No início do elogio fúnebre, Obama ressaltou a excepcional presença na cerimônia do presidente palestino Mahmud Abbas, o que "recorda que a paz é uma tarefa inacabada".

Obama disse que Peres está "entre os gigantes do século XX", como "Nelson Mandela" ou "mulheres como sua majestade a rainha Elizabeth da Inglaterra".

Dezenas de autoridades do mundo inteiro viajaram a Jerusalém, que mobilizou um grande esquema de segurança, para prestar a última homenagem ao ex-presidente de Israel, Shimon Peres, que faleceu aos 93 anos.

No início da cerimônia, o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, elogiou Peres como "um grande homem" para Israel e o mundo.

Obama, Abbas e vários chefes de Estado estavam sentados na primeira fila.

Peres, que faleceu depois de sofrer um acidente vascular cerebral, era o único sobrevivente dos três premiados com o Nobel da Paz em 1994 por seu envolvimento no acordo de Oslo.

O acordo estabelecia as bases de uma autonomia palestina e oferecia a esperança, hoje em dia muito distante, para uma solução do conflito israelense-palestino.

ca-lal/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos