Rede terrorista queria atacar Paris em 1º de dezembro

Paris, 24 Nov 2016 (AFP) - Uma rede terrorista planejava atacar em 1º de dezembro locais populares de Paris, como o mercado de Natal da avenida Champs-Elysées e o parque de diversões Disneyland, nos arredores da capital francesa, informou à AFP uma fonte próxima à investigação.

Sete suspeitos pertencentes a esta rede foram presos em uma operação de contraterrorismo na semana passada nas cidades de Estrasburgo (nordeste) e Marselha (sudeste) após uma investigação de oito meses. Dois deles foram libertados.

Segundo esta fonte, membros desta rede fizeram pesquisas na internet relacionadas com uma dúzia de lugares que poderiam ser potenciais alvos. Além do mercado e da Disney, estariam na mira restaurantes no nordeste da capital, a sede da polícia judiciária no centro de Paris, vários lugares de culto e uma estação de metrô, explicou a fonte.

Esta investigação levou a uma primeira onda de prisões em 14 de junho, durante o Campeonato Europeu de Futebol.

Dois franceses ligados à rede seguem presos, acusados de contrair empréstimos para financiar suas atividades terroristas.

A investigação sugere que os suspeitos receberam ordens da Síria.

A França tem sido alvo de uma onda de ataques jihadistas nos últimos dois anos, com um saldo de 238 mortos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos