Ex-governador mexicano condenado por narcotráfico deixa prisão nos EUA

México, 24 dez 2016 (AFP) - o ex-governador do estado mexicano de Quintana Roo, Mario Villanueva, foi libertado na sexta-feira da prisão da cidade americana de Lexington, onde cumpria o fim de sua condenação por lavagem de dinheiro, informou seu filho.

Villanueva, de 68 anos, foi entregue às autoridades de imigração, que nos próximos dias irão deportá-lo para o México, onde ainda deverá cumprir uma pena de mais de 20 anos por crimes relacionados com o tráfico de drogas.

Villanueva estava no hospital penitenciário de Lexington, Kentucky, devido a uma doença pulmonar obstrutiva crônica.

O ex-governador foi deportado em 2010 para os Estados Unidos, onde em 2013 foi condenado a 17 anos de prisão por lavagem de dinheiro de procedência ilícita. Villanueva passou seis anos e sete meses na prisão nos Estados Unidos, sendo libertado por boa conduta e pelos nove anos passados em uma prisão no México.

Villanueva foi governador de Quintana Roo, onde estão localizadas as cidades de Cancún e Riviera Maya, de 1993 a 1999. Fugiu dias antes de terminar seu mandato quando era investigado por ligações com o cartel de Juárez.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos