Oposição venezuelana descarta retomar diálogo em 13 de janeiro

Caracas, 24 dez 2016 (AFP) - A oposição venezuelana descartou neste sábado retomar o diálogo para resolver a grave crise política e econômica venezuelana, informando que o governo continua sem resolver uma série de demandas expostas.

"Não existem condições para restituir no próximo 13 de janeiro um diálogo direto entre as partes", advertiu o secretário da coalizão Mesa de la Unidad Democrática (MUD), Jesús Torrealba, em resposta a uma carta do Vaticano, que promove as negociações.

A Santa Sé e a União de Nações Sul-americanas (Unasul) propuseram às partes um prazo até 13 de janeiro para avançar na agenda de negociação, e se abster de tomar medidas que dificultem seu avanço.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos