Ataques aéreos matam 22 civis no leste da Síria

Beirute, 28 dez 2016 (AFP) - Ao menos 22 civis, incluindo 10 crianças, morreram em ataques aéreos contra uma cidade sob poder do Estado Islâmico (EI) na região leste da Síria, informou nesta quarta-feira o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Os civis mortos são integrantes de duas famílias da localidade de Hojna, na província petroleira de Deir Ezzor, controlada em grande parte pelo EI e bombardeada com frequência pela aviação da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos.

Deir Ezzor é a única província síria que está praticamente sob controle total do EI.

O regime de Bashar al-Assad controla apenas uma parte de sua capital de mesmo nome.

Deir Ezzor é a segunda maior província da Síria, depois de Homs (centro), e faz fronteira com o Iraque.

O grupo EI, responsável por atrocidades na Síria e Iraque e por atentados sangrentos na Europa, é alvo atualmente de ofensivas militares em várias frentes nos territórios iraquiano e sírio, onde em 2014 autoproclamou um "califado".

Na Síria, o grupo é atacado por aviões da coalizão, da Turquia, do regime sírio e de seu aliado russo nas províncias de Aleppo (norte), Deir Ezzor e Raqa (nordeste), seu reduto mais simbólico.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos