Guardas protegem necrotério com o corpo do meio-irmão de Kim Jong-Un

Kuala Lumpur, 21 Fev 2017 (AFP) - Guardas de segurança armados protegiam nesta terça-feira o hospital de Kuala Lumpur onde está o corpo de Kim Jong-Nam, meio-irmão do dirigente norte-coreano Kim Jong-Un, em meio a boatos sobre a chegada do filho da vítima para reclamar o cadáver.

Um comboio de quatro veículos entrou no complexo do hospital na manhã desta terça-feira, escoltados por quase 30 homens das forças especiais malaias mobilizados para vigiar a área. Algumas horas depois, os agentes deixaram o local.

Um veículo da polícia saiu do local às 4H00 locais (17H00 de Brasília, segunda-feira).

Kim Jong-Nam, 45 anos, meio-irmão do líder norte-coreano, foi atacado na semana passada por duas mulheres que supostamente jogaram um líquido em seu rosto quando pretendia embarcar para Macau. Ele faleceu quando era levado para o hospital.

Desde então, a investigação do caso, digna de um livro de espionagem, provocou uma escalada de tensão entre Malásia e Coreia do Norte.

O filho de Kim Jong-Nam, Kim Han-Sol, teria desembarcado na segunda-feira à noite em Kuala Lumpur, procedente de Macau, de acordo com fontes do serviço de inteligência e a imprensa local, mas a AFP não conseguiu confirmar a informação oficialmente até o momento.

sc-tm/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos