Talibãs querem plantar árvores "em proveito da Terra e glória de Alá"

Cabul, 26 Fev 2017 (AFP) - O líder dos talibãs no Afeganistão, o mulá Haibatullah Ajundzada, fez neste domingo um pedido a seus seguidores e a todos os afegãos para que plantem árvores em todo o país.

"Com a chegada a primavera, os mujahedines e cada indivíduo são convocados a plantar uma ou várias árvores, frutíferas ou não, em proveito da Terra e glória de Alá Todo-Poderoso", afirma em uma "mensagem especial" publicada na internet e enviada à imprensa.

Haibatullah assumiu a liderança do movimento radical em maio de 2016 e, desde então, suas declarações são escassas.

"As árvores têm um papel importante na proteção do meio ambiente, no desenvolvimento econômico e no embelezamento da Terra", disse o mulá.

A mensagem contrasta com a violência do grupo. De acordo com a ONU, mais de 11.500 civis morreram em 2016 em combates entre as forças oficiais e insurgentes, principalmente talibãs, responsáveis por um terço das mortes.

O ministro do Interior do Afeganistão, Sediq Sediqqi, respondeu de forma imediata a mensagem dos talibãs, cuja principal fonte de recursos procede das taxas sobre o cultivo da papoula, da qual se extrai o ópio.

"Primeiro deveriam deixar de colocar explosivos que matam a cada dia muitos afegãos, incluindo mulheres e crianças", escreveu o ministro no Twitter.

msm-ach/fp

Twitter

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos