Espanha não tem 'linhas vermelhas' sobre Gibraltar, diz Rajoy

Bruxelas, 29 Abr 2017 (AFP) - O primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, declarou neste sábado que a Espanha não tem "linhas vermelhas" sobre Gibraltar, depois que os líderes europeus concederam a Madri o veto a qualquer futuro acordo com o Reino Unido que se aplique a este enclave.

"A partir daí, não há linhas vermelhas nem de nenhuma outra cor", indicou Rajoy em uma coletiva de imprensa, depois de lembrar o artigo referente a Gibraltar aprovado horas antes por unanimidade pelos 27 reunidos em Bruxelas sem sua colega britânica.

O artigo 24 das orientações políticas dos líderes afirma: "Uma vez que o Reino Unido tenha abandonado a União, nenhum acordo entre a UE e o Reino Unido poderá ser aplicado ao território de Gibraltar sem o acordo entre o Reino da Espanha e o Reino Unido".

"O que ele diz é claramente uma obviedade", acrescentou o primeiro-ministro espanhol, cujo país reivindica há anos este enclave de 32.000 habitantes cedido ao Reino Unido em 1713.

A inclusão deste item no projeto de orientações revelado no dia 31 de março pelo presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, já representou um aumento das tensões entre Londres e Madri em relação a este território situado ao sul da Península Ibérica.

O chefe do Governo espanhol afirmou neste sábado que "não houve nenhum contato com o Reino Unido (a respeito) porque o Reino Unido ainda forma parte da UE" e as negociações de divórcio ainda não começaram, ao mesmo tempo em que reiterou que, com a saída dos britânicos do bloco, Gibraltar também sai.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos