Trump: comportamento da Coreia do Norte terá "consequências"

Em Varsóvia (Polônia)

  • Wojtek Radwanski/AFP Photo

    Donald Trump discursa em conferência de imprensa na Varsóvia nesta quinta-feira

    Donald Trump discursa em conferência de imprensa na Varsóvia nesta quinta-feira

O presidente americano, Donald Trump, denunciou nesta quinta-feira (6) a atitude beligerante da Coreia do Norte e pediu à comunidade internacional que demonstre a Pyongyang que existem "consequências", antes de afirmar que está examinando uma resposta "severa".

"Eu peço a todas as nações que enfrentem esta ameaça global e demonstrem publicamente a Coreia do Norte que há consequências para seu comportamento muito, muito ruim", declarou Trump durante visita à Varsóvia.

"Eu tenho coisas severas sobre as quais estamos pensando", disse, antes de completar: "Isto não significa que vamos fazer".

A Coreia do Norte realizou um teste de míssil intercontinental na terça-feira (4). O regime norte-coreano, liderado por Kim Jong-un, garantiu que o novo modelo de míssil balístico intercontinental (ICBM) pode transportar uma ogiva nuclear de grande dimensão e atingir qualquer lugar do planeta.

Coreia do Norte testa míssil balístico intercontinental

"Eu não traço linhas vermelhas", disse Trump. O presidente dos EUA afirmou que o "grande erro" de seu antecessor, Barack Obama, ao traçar uma linha vermelha das armas químicas na Síria foi não agir quando ficou provado seu uso por parte do regime do presidente sírio, Bashar al-Assad.

Trump destacou que os EUA vão "fazer algo" frente a um comportamento que tachou de "vergonhoso".

O Ministério de Relações Exteriores da China pediu que todos os lados mantenham a calma e a tranquilidade, depois que os EUA disseram estar prontos para usar a força, se necessário, para interromper o programa de armas nucleares da Coreia do Norte.

A China cumpre totalmente as sanções da Organização das Nações Unidas contra a Coreia do Norte, acrescentou o porta-voz do ministério Geng Shuang a repórteres.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos