PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Tribunal da Guatemala suspende definitivamente expulsão de funcionário da ONU

29/08/2017 20h26

Cidade da Guatemala, 29 Ago 2017 (AFP) - A mais alta instância judicial da Guatemala, a Corte de Constitucionalidade (CC), suspendeu definitivamente a expulsão do país do chefe da missão da ONU contra a corrupção, que tinha sido ordenada pelo presidente Jimmy Morales.

"O Tribunal Constitucional, após uma análise exaustiva do caso, (...) outorga o amparo provisório solicitado, e como efeito dessa decisão deixa em suspensão definitiva o ato" contra o ex-magistrado colombiano Iván Velásquez, disse em coletiva de imprensa o presidente da CC, Francisco de Mata.

Morales acusa Velásquez, titular da Comissão Internacional Contra a Impunidade na Guatemala (Cicig), uma entidade ligada à ONU, de ingerência nos assuntos de Estado e de extrapolar suas atribuições.

ec-hma/spc/db/lr

Internacional