Valls: independência da Catalunha seria fim da Europa

Madri, 28 Set 2017 (AFP) - O ex-primeiro-ministro francês Manuel Valls, nascido em Barcelona, se manifestou nesta quarta-feira contra a independência da Catalunha por considerar que seria "o fim do que é a Europa".

Quatro dias antes do proibido referendo de autodeterminação, Valls afirmou que "o que ocorre na Catalunha e na Espanha é muito importante para a Europa".

Nascido em 1962 em Barcelona de mãe ítalo-suíça e pai catalão, Manuel Valls recordou que parte de sua família segue nesta cidade.

"Observo os acontecimentos com preocupação porque conheço as consequências possíveis para a Espanha, a Catalunha e também para a França e a Europa".

"A Espanha é um dos Estados-Nação mais importantes da Europa, como França e Inglaterra, e se uma região da Espanha, especialmente a Catalunha, pode ser independente, isto supõe de certa maneira o fim do que é a Europa".

"Não acredito que exista um futuro possível para a Catalunha isolada da Europa, este futuro será dentro de uma base espanhola", disse Valls.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos