Civis curdos são em cidade iraquiana

Bagdá, 24 Out 2017 (AFP) - As tropas iraquianas atacaram cegamente civis curdos e saquearam e provocaram incêndios na cidade de Tuz Khurmatu, perto de Kirkuk, à margem das operações para recuperar o controle de áreas em disputa, denunciou a Anistia Internacional.

Em 16 de outubro, "pelo menos 11 civis morreram em ataques cegos e centenas de propriedades foram saqueadas, queimadas e destruídas", afirmou a ONG em um comunicado.

Esses incidentes, estima a Anistia, "parecem um ataque direcionado nos bairros de maioria curda da cidade".

"Em poucas horas, as vidas de inúmeros homens, mulheres e crianças foram devastadas em Tuz Khurmatu. Milhares perderam suas casas, empresas e tudo o que possuíam", disse Lynn Maalouf, diretora da ONG para o Oriente Médio.

Segundo a ONU, 35 mil civis fugiram da cidade desde 16 de outubro.

Tuz Khurmatu, localizada a 70 km de Kirkuk, tem 100 mil habitantes curdos, turcomanos e árabes, e estava sob o controle conjunto dos peshmergas e das unidades paramilitares Hash al-Shaabi, até o dia 16 de outubro, quando os paramilitares tomaram a cidade.

As relações são tensas entre curdos e turcomanos e a cidade tem sofrido ciclos de violência desde 2003.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos