Explosão deixa um morto na Catalunha; polícia descarta terrorismo

Barcelona, 30 Nov 2017 (AFP) - Um homem morreu em uma explosão "que não foi fortuita, nem acidental", em uma cidade próxima a Barcelona (nordeste), embora a Polícia descarte a pista terrorista, informaram fontes policiais nesta quinta-feira (30).

Os Mossos d'Esquadra, polícia regional catalã, se limitaram a difundir um comunicado muito breve sobre "a morte de um homem em uma explosão em um estacionamento em Viladecans", a 20 km de Barcelona, na sexta-feira.

Segundo o jornal La Vanguardia, a explosão poderia estar relacionada com "grupos criminosos do setor da prostituição", o que não foi confirmado por fontes policiais consultadas pela AFP.

De qualquer forma, "este caso não tem nada a ver com o terrorismo", explicou a fonte à AFP.

Citando fontes policiais, o La Vanguardia assegurou que esta explosão tem relação com uma tentativa de ataque a uma boate de prostituição em La Junquera, na fronteira franco-espanhola, ocorrida há cinco anos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos