Topo

Pressão faz população ganhar árvore de Natal que governo iria pagar R$ 33 mil

Andrej Isakovic/ AFP
Pedestres passam por árvore de Natal no centro de Belgrado, na Sérvia Imagem: Andrej Isakovic/ AFP

Em Belgrado

23/12/2017 11h22

Uma árvore de Natal de 83.000 euros (cerca de R$ 32,8 mil) instalada no centro de Belgrado despertou a ira da oposição e da população, o que levou a prefeitura a anunciar a suspensão do contrato.

De 18 metros de altura, decorada com 200 bolas vermelhas, a árvore artificial foi colocada na principal rua comercial da cidade, a Knez Mihajlova.

Seu preço foi revelado pelo site Pistaljka.rs, que afirmou que o contrato foi assinado três dias após a instalação.

O prefeito, Sinisa Mali (SNS, conservador), disse ter sido "surpreendido pelo montante" e anunciou o encerramento do contrato.

O Partido Democrata (oposição, de centro-esquerda) convidou os cidadãos a deixarem aos pés da árvore mensagens pedindo presentes no valor de 83.000 euros.

"Um casaco de chuva, tamanho GG, para o meu cachorro", lê-se em um dos papéis. "Quero um diploma", pede outro, aludindo à suposta corrupção da qual o ensino superior sérvio é famoso.

Com a aproximação das eleições municipais em 2018, o prefeito Sinisa Mali, aliado político do presidente Aleksandar Vucic, disse que seu governo "trabalha há três anos em total transparência".

A empresa que instalou a árvore de Natal concordou em quebrar o contrato, mas anunciou que iria mantê-la como uma contribuição para a decoração natalina.