Putin convida Trump a uma 'cooperação pragmática' em 2018

Moscou, 30 dez 2017 (AFP) - O presidente russo, Vladimir Putin, sugeriu a seu colega americano, Donald Trump, uma "cooperação pragmática" em 2018 - anunciou o Kremlin neste sábado (30).

"É especialmente necessário um diálogo russo-americano construtivo para reforçar a estabilidade estratégica no mundo", defende o Kremlin em um comunicado do presidente russo dirigido aos líderes mundiais por ocasião do Ano Novo.

Segundo a nota da Presidência, Putin considerou que o "respeito mútuo" deve constituir "uma base para o desenvolvimento das relações" entre os dois países.

"Isso deveria nos permitir avançar para uma cooperação pragmática orientada para o longo prazo", declarou o presidente russo.

Putin também se dirigiu a dirigentes de ex-repúblicas soviéticas; ao presidente francês, Emmanuel Macron; a seu colega sírio, Bashar al-Assad; e à chanceler alemã, Angela Merkel.

Em sua mensagem a Al-Assad, com quem se reuniu durante uma visita surpresa a uma base russa na Síria no início do mês, Putin manifestou sua "sincera esperança de que, no Ano Novo, continue havendo na Síria mudanças-chave para melhor".

Segundo o texto, Putin disse a Al-Assad que "a Rússia continuará mostrando todo tipo de apoio à República Árabe Síria para proteger sua soberania estatal, sua unidade e sua integridade territorial".

Moscou se envolveu no conflito sírio em setembro de 2015, com uma campanha aérea em apoio ao Exército de Al-Assad.

No começo de dezembro, Putin ordenou uma retirada parcial do Exército russo da Síria.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos