Lula promete voltar ao poder

Belo Horizonte, 22 Fev 2018 (AFP) - "O problema não é o Lula, são os milhões de Lulas", declarou nesta quarta-feira o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ao reafirmar em um comício sua intenção de concorrer nas eleições de outubro próximo, apesar de seus graves problemas judiciais.

"Eles estão lidando com um ser humano diferente. Porque eu não sou eu, eu sou a encarnação de um pedacinho de célula de cada um de vocês", disse Lula para milhares de partidários reunidos no centro de exposições Expominas, em Belo Horizonte.

"Não sei o que vai acontecer na Justiça. O que sei é que não respeito essa decisão. Porque do contrário quando minha bisneta crescer ela não vai me respeitar. Por isso quero dizer: estou candidato. Eu vou voltar para garantir a esse povo o direito de viver melhor"!

Lula, condenado a doze anos e um mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro, apresentou uma série de recursos para evitar ser preso e ter sua candidatura invalidada.

Segundo a sentença, Lula recebeu um apartamento oferecido pela construtora OAS em troca de contratos da construtora com a Petrobras.

"Toda vez que eles tentam destruir o PT nós nos reerguemos", declarou Lula, 72 anos, que lidera as pesquisas.

js

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos