PUBLICIDADE
Topo

Internacional

EUA critica Rússia por ataques contra enclave rebelde sírio

22/02/2018 22h13

Washington, 23 Fev 2018 (AFP) - Os Estados Unidos criticaram a Rússia nesta quinta-feira pelos bombardeios do regime sírio contra Ghuta Oriental, afirmando que Moscou tem responsabilidade direta sobre as mais de 400 mortes neste subúrbio de Damasco.

Após a morte de 46 pessoas nos recentes ataques com mísseis das forças do regime sírio, a porta-voz do departamento de Estado, Heather Nauert, acusou a Rússia de não pressionar o regime do presidente Bashar al-Assad.

"Sem o apoio da Rússia à Síria, a devastação e as mortes seguramente não ocorreriam", disse Nauert aos jornalistas.

"É bom recordar que a Rússia tem responsabilidade no que está ocorrendo lá".

Nesta quinta-feira, o embaixador russo no Conselho de Segurança da ONU, Vassily Nebenzia, apresentou modificações a um projeto de resolução que esteve em negociação por quase duas semanas, impedindo um acordo no órgão visando um cessar-fogo de 30 dias em Ghuta Oriental.

Internacional