Polícias dos EUA e UE paralisam órgãos de propaganda on-line do grupo EI

Haia, 27 Abr 2018 (AFP) -









As polícias dos Estados Unidos e da União Europeia (UE) paralisaram os principais órgãos de propaganda na internet do grupo Estado Islâmico (EI) durante uma operação conjunta de vários países, informou nesta sexta-feira a Europol, a agência policial da UE.

"Com esta operação sem precedentes, damos um grande golpe na capacidade do EI para difundir sua propaganda na rede e radicalizar os jovens na Europa", afirmou o comandante da agência europeia, Rob Wainwright, em um comunicado.

A operação, realizada na quarta-feira e quinta-feira, tinha como alvo a agência Amaq, usada pelos islamitas radicais para reivindicar atentados e propagar os apelos à jihad. Este é a etapa mais recente de uma campanha iniciada em 2015.

"Com esta ação de desmantelamento, dirigida contra os grandes órgãos midiáticos do EI, como a Amaq, mas também a rádio Al-Bayan e os sites de notícias Halumu e Nashir, a capacidade do EI de propagar seu material terrorista está comprometida", completa o comunicado.

A operação foi coordenada pelo procurador federal da Bélgica, enquanto as polícias nacionais apreenderam servidores na Holanda, Canadá e Estados Unidos, assim como equipamentos na Bulgária, França e Romênia.

Os jihadistas utilizaram com frequência a agência Amaq em 2016 para reivindicar os atentados e ataques no Oriente Médio e outros lugares do mundo, como as ações terroristas de Paris, Bruxelas, Barcelona e Berlim.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos