Familiares de presidente do Senado morrem em ação militar no Afeganistão

Jalalabad, Afeganistão, 29 Mai 2018 (AFP) - Nove membros da família do presidente do Senado afegão morreram e oito ficaram feridos em uma operação das forças especiais afegãs na província de Nangarhar (leste), informaram na terça-feira diferentes fontes.

O incidente aconteceu na noite de segunda-feira em uma operação no distrito de Chaparhar, no centro desta província fronteiriça do Paquistão, onde estão ativos numerosos talibãs e desde 2015 combatentes do grupo extremista Estado Islâmico (EI).

"Nove civis morreram em uma operação de forças especiais no distrito de Chaparhar. Oito civis, deles uma mulher e uma criança, resultaram feridos. Todos são da família do presidente do Senado", Fazel Hadi Muslimyaar, indicou o porta-voz do governador provincial Ataulah Jogyani.

O responsável da Saúde de Nangarhar, Najibulah Kamawala, confirmou o balanço à AFP e informou que as vítimas, os mortos e os feridos, foram levadas ao hospital de Jalalabad, capital provincial.

Os civis são regularmente vítimas nas operações das forças afegãs e da coalizão da OTAN.

str-emh-ach/jf/jhd/pa/acc/cc

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos