Trump questiona se procurador especial vaza documentos para a imprensa

Washington, 2 Jun 2018 (AFP) - O presidente americano Donald Trump insinuou neste sábado que Robert Mueller, procurador que investiga um eventual conluio entre sua equipe política e a Rússia, vaza documentos para a imprensa, além de reiterar sua irritação com uma investigação que considera sem fundamento.

"O procurador-especial do departamento de Justiça vaza para os veículos de notícias falsas as cartas de meus advogados? Será necessário investigar, ao contrário, sobre a corrupção democrata?".

O jornal The New York Times publicou neste sábado uma carta confidencial de 20 páginas enviada pela equipe de advogados do presidente a Robert Mueller em janeiro e uma outra enviada em junho de 2017.

Nas mensagens, os conselheiros do presidente se opõem principalmente a que ele seja interrogado pelos investigadores, afirmando que "no sistema político (americano), o presidente não pode se colocar à disposição para ser interrogado".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos