PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Britânico envenenado com Novichok não se encontra mais em estado crítico

11/07/2018 08h12

Londres, 11 Jul 2018 (AFP) - O britânico Charlie Rowley, de 45 anos, que foi exposto ao agente neurotóxico Novichok "não está mais em condição crítica", anunciou nesta quarta-feira o hospital de Salisbury (sudoeste de Inglaterra) onde ele está internado desde 30 de junho.

"Ele não está mais em condição crítica. Seu estado agora é grave, mas estável", afirmou a diretora do hospital, Lorna Wilkinson, citada em um comunicado.

Internacional