PUBLICIDADE
Topo

Internacional

EUA indiciam hackers chineses por ataques contra uma dúzia de países

O advogado geral americano Rod Rosenstein em entrevista à imprensa nos Estados Unidos - NICHOLAS KAMM / AFP
O advogado geral americano Rod Rosenstein em entrevista à imprensa nos Estados Unidos Imagem: NICHOLAS KAMM / AFP

20/12/2018 14h24

Washington, 20 dez 2018 (AFP) - O Departamento de Justiça dos Estados Unidos anunciou, nesta quinta-feira (20), novas acusações contra hackers chineses que atacaram empresas em uma dúzia de países em nome de Pequim, o que, segundo as autoridades americanas, provam que a China não cumpriu seus compromissos de impedir tais ações.

Alguns dos acusados fazem parte de um grupo conhecido como APT 10, que opera na China "em associação com o ministério da Segurança do Estado", afirmou o Departamento de Justiça americano.

Entre 2006 e 2018, este grupo liderou "uma campanha global de ataques cibernéticos" para roubar dados confidenciais e segredos comerciais de 45 empresas de 12 países, acrescentou.

pmh/sst/mls/lda/mr

Internacional