PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Mais de 40 migrantes são resgatados ao tentar cruzar o Canal da Mancha

26/12/2018 14h58

Londres, 26 dez 2018 (AFP) - As autoridades marítimas britânicas e francesas resgataram mais de 40 imigrantes que tentavam cruzar o Canal da Mancha que separa a França do Reino Unido, em seis pequenos barcos ao longo de dois dias, informaram nesta quarta-feira.

Cinco embarcações, transportando 40 pessoas do Iraque, Irã e Afeganistão, foram vistos no dia de Natal, informou o ministério do Interior do Reino Unido.

"As evidências mostram que existe uma atividade de gangues criminosas organizadas por trás dessas tentativas de migração ilegal em pequenos barcos" através do Canal da Mancha, explicou um porta-voz do ministério do Interior.

"Estamos trabalhando estreitamente com nossos colegas franceses e com a força de ordem pública para atacar essas gangues, que exploram pessoas vulneráveis e colocam suas vidas em risco".

Outra embarcação, com três migrantes, foi interceptada na manhã desta quarta-feira.

No total, 43 pessoas, incluindo duas crianças, estão agora no Reino Unido, "onde serão entregues aos serviços de emergência ou às autoridades competentes", declarou um porta-voz da Guarda Costeira do Reino Unido.

Desde outubro tem havido um aumento acentuado no número de imigrantes que tentam cruzar o Canal da Mancha da França, apesar dos perigos representados pelo tráfego de navios, correntes fortes e temperaturas congelantes.

Durante anos, milhares de migrantes da África, do Oriente Médio e da Ásia procuram chegar ao Reino Unido vindos da França, a grande maioria tentando se esconder em caminhões que cruzam o Canal.

zak/jh/pb/mb/mr

Internacional