PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Venezuela: Berlim aceitará Guaidó como presidente na falta de eleições rápidas

25/01/2019 10h11

Berlim, 25 Jan 2019 (AFP) - Berlim está disposta a reconhecer Juan Guaido como presidente da Venezuela se eleições livres não puderem ser realizadas em breve, afirmou a porta-voz da chanceler Angela Merkel nesta sexta-feira.

"O governo alemão está decidindo em consultas europeias a favor do reconhecimento de Juan Guaido como presidente interino no caso de eleições livres não poderem ser organizadas em um futuro próximo", afirmou Steffen Seibert durante uma coletiva de imprensa em Berlim.

"A situação na Venezuela nos preocupa muito", afirmou, acrescentando que "o apelo de milhões de venezuelanos por um retorno à democracia em seu país não pode mais ser ignorado".

ilp/ylf/mra/cn

Internacional